caatinga-dodesign-s

BrasilEnglish
Apresentação
A Caatinga e o Cerrado surpreendem com suas paisagens, grande variedade de fauna, flora, recursos hídricos e uma enorme diversidade sociocultural. Apesar, dos inúmeros desafios, as pessoas desses biomas têm interagido com suas dificuldades de uma forma cada vez mais proativa. Essa é uma realidade que pode ser demonstrada em números e pelo crescimento e sustentabilidade de empreendimentos que hoje atuam no mercado interno e externo, largando o estigma da desarticulação e da pobreza para se tornarem comunidades saudáveis, tendo como diferencial de mercado a relação respeitosa com a natureza e com o conhecimento tradicional.
» Saiba mais
Novidades por email

Cadastre seu email abaixo
para receber os novos textos
publicados no site:

1.12.11

Maior jornal da Paraíba destaca ação da AGENDHA / Nutre Nordeste no estado.

Confira abaixo a matéria sobre a inserção do pescado na alimentação escolar das creches de João Pessoa/PB

Filé de peixe entra no cardápio da merenda de creches.

A introdução do pescado na merenda estimula bons hábitos alimentares, supre carências nutricionais e fortalece produtores.

O filé de pescado entrou há pouco tempo na merenda escolar das crianças atendidas pelos Centros de Referência em Educação Infantil (Creis) de João Pessoa e Bayeux. Na capital, em menos dois meses, 2.400 quilos de peixe entraram no cardápio escolar das 40 unidades de Creis do município.

A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Educação do Município com a ONG Assessoria e Gestão em Estudos da Natureza, Desenvolvimento Humano e Ecologia (AGENDHA), por meio do projeto Nutre Nordeste. Segundo a secretária de Educação do município, Ariane Sá, “a proposta visa atender as recomendações para o emprego de novos hábitos de alimentação, variada e saudável, estimulando o crescimento e o desenvolvimento dos alunos, e contribuindo para seu rendimento escolar”.

A articuladora da AGENDHA na Paraíba, Mabel Barros, também destacou a importância da implantação do pescado na merenda. “O peixe na refeição das crianças pequenas é algo novo nas creches públicas e também é uma das metas do projeto”, disse.

Os municípios de Bayeux e João Pessoa foram escolhidos por serem os principais centros urbanos e por não possuírem polos rurais para fornecimento de produtos da agricultura familiar. Os filés de pescados são fornecidos pela Cooperativa de Produção e Industrialização da Aquicultura e Psicultura da Paraíba (Cindeas), localizada em Sapé.

Essa primeira chamada pública para a compra de produtos da agricultura familiar foi realizada em atendimento ao que determina o artigo 14 da Lei 11.947 de 2009, que estabelece o mínimo de 30% dos recursos transferidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a compra de gêneros alimentícios da agricultura familiar.

A gestora de alimentação escolar da Secretaria, Julyana Assis, espera o lançamento de uma próxima chamada nos próximos 15 dias com a inclusão de outros gêneros alimentícios. “A inclusão do pescado da agricultura familiar é uma iniciativa recente e que já vem gerando o desenvolvimento local”, ressaltou a gestora.

Link para a matéria online: http://jornaldaparaiba.com.br/noticia/70437_file-de-peixe-entra-no-cardapio-da-merenda-de-creches

Link para a mtéria do site da Secretária de Educação de João Pessoa: http://sedec.joaopessoa.pb.gov.br/portaleducacao/?p=2581

Encontre empreendimentos e comunidades
São apoiadores desta inciativa:DEDKASIICAISPNUnião EuropéiaAgendha
GTZCooperação Brasil-AlemanhaCodevasfMinistério da Integração NacionalMinistério do Desenvolvimento AgrárioMinistério do Meio AmbienteBrasil - Governo Federal
DoDesign-s Design & Marketing