caatinga-dodesign-s

BrasilEnglish
Apresentação
A Caatinga e o Cerrado surpreendem com suas paisagens, grande variedade de fauna, flora, recursos hídricos e uma enorme diversidade sociocultural. Apesar, dos inúmeros desafios, as pessoas desses biomas têm interagido com suas dificuldades de uma forma cada vez mais proativa. Essa é uma realidade que pode ser demonstrada em números e pelo crescimento e sustentabilidade de empreendimentos que hoje atuam no mercado interno e externo, largando o estigma da desarticulação e da pobreza para se tornarem comunidades saudáveis, tendo como diferencial de mercado a relação respeitosa com a natureza e com o conhecimento tradicional.
» Saiba mais
Novidades por email

Cadastre seu email abaixo
para receber os novos textos
publicados no site:

ARUL

ARUL
Associação Rural de Umbuzeiro e Leitão 

CNPJ: 00.873.309/0001-96

Endereço:
Sítio Umbuzeiro – Afogados da Ingazeira  – PE

Telefone e Fax institucionais:
(87) 3838.1670
(87) 9638.4303
(87) 9602.1816

E-mail institucional:
coopagel@planetacyber.com.br

Representante comercial:
Sebastião José da Silva

A Arul realiza a produção de caju de forma agroecológica. O beneficiamento e a comercialização da castanha são realizados por agricultores familiares que vivem na comunidade remanescente de Quilombo Umbuzeiro e Leitão.

The ARUL cultivates cashew in an agroecological manner. The processing and marketing of the nuts is carried out by family farmers who live in the remaining community of the Quilombo Umbuzeiro e Leitão.

Histórico

 Associação Rural do Umbuzeiro e Leitão – ARUL foi fundada em 17 de agosto de 1995, com sede no sitio Umbuzeiro, localizado a 17 km da sede do município, há muitos anos as comunidades de Leitão e Umbuzeiro já tinha tradição religiosa e artística, a exemplo do coco de roda e banda de pífano, em 1993 despertou-se a necessidade de se ter uma comunidade organizada.

Com muita dificuldade foi criado um grupo informal com os moradores das duas comunidades com o auxilio do STR de Afogados da Ingazeira, DED – entidade alemã, FETAPE – através da pessoa do assessor do Pólo Pajeú o Sr. José Coimbra Patriota Filho e a Secretaria de Agricultura municipal (Gestão do prefeito Antonio Valadares), no ano seguinte (1994) foi criado nos dois sítios um conselho comunitário e eleito pela comunidade um coordenador para cada conselho, sendo eleito o Sr. Ademar José de Oliveira (Umbuzeiro) e Sebastião José da Silva (Leitão). No ano de 1995 juntou-se esses dois conselhos em Assembléia Geral e decidido a criação da Associação, sendo aprovado por 26 (vinte e seis) moradores das duas comunidades.  Nesta época algumas entidades já colaboravam com esta iniciativa de organização como: STR de afogados da Ingazeira, FETAPE, Diaconia, COMPAIL e Secretaria de Agricultura Municipal. De 1996 a 2003 adquirimos mais 12 projetos de infra-estrutura todos voltados ao bem comum. Nos últimos 9 (nove) anos foram concretizados várias conquistas contando com o apoio de instituições como: STR de afogados da Ingazeira, FETAPE, COOPAGEL e outras e o mais importante é que a associação tem hoje uma comissão de membros responsáveis pela administração de projetos produtivos de geração de renda para as famílias.

Destaque ao trabalho organização e gestão da comunidade, que trabalharam o Diagnóstico e o plano de Desenvolvimento da comunidade, hoje muitas das ações executadas foi com base nesse plano, que atualmente contamos com o apoio do PDHC (Projeto Dom Hélder Câmara) e outras entidades, dentre elas COOPAGEL.    

Missão

Fortalecer a organização associativista de forma participativa para o desenvolvimento sustentável através da cadeia produtiva da cajucultura em sistema agroecologico.

Número de famílias 

  1. Associadas : 14
  2. Famílias atendidas ou beneficiadas: 54

Cadeias produtivas

A amêndoa de castanha de caju, castanha crioula é produzida pelos(as) associados(as) da associação rural de Umbuzeiro e Leitão (ARUL), em uma unidade produtiva de mini indústria de uso coletivo onde são desenvolvidos atividades em duas etapas:
Etapas iniciais do beneficiamento
Colheita das castanhas de caju in natura;
Secagem da castanha;
Ensacamento e armazenamento

Etapas do beneficiamento
Cozimento da castanha;
Resfriamento;
Corte manual das castanhas;
Separação das amêndoas da casca;
Estufagem de amêndoas;
Resfriamento das amêndoas;
Despeliculagem de amêndoas;
Pré seleção das amêndoas – torrada e crua;
Embalagem

Produtos

Amêndoas de castanha caju embaladas em pacotes de:  100g e  500g

Tendo nas opções: torradas e salgadas, torradas e sem sal, natural sem passar pela torragem.

Amêndoas inteiras
Amêndoas partidas

O Nosso diferencial está na qualidade dos produtos e sistema orgânico.

Amêndoas de Castanha de Caju
Volume de produção anual – 8,5  toneladas
Capacidade de produção da mini fábrica  – 25 toneladas
Capacidade média anual da região – 89 toneladas

arul1

Encontre empreendimentos e comunidades
São apoiadores desta inciativa:DEDKASIICAISPNUnião EuropéiaAgendha
GTZCooperação Brasil-AlemanhaCodevasfMinistério da Integração NacionalMinistério do Desenvolvimento AgrárioMinistério do Meio AmbienteBrasil - Governo Federal
DoDesign-s Design & Marketing