cerrado-dodesign-s

BrasilEnglish
Apresentação
A Caatinga e o Cerrado surpreendem com suas paisagens, grande variedade de fauna, flora, recursos hídricos e uma enorme diversidade sociocultural. Apesar, dos inúmeros desafios, as pessoas desses biomas têm interagido com suas dificuldades de uma forma cada vez mais proativa. Essa é uma realidade que pode ser demonstrada em números e pelo crescimento e sustentabilidade de empreendimentos que hoje atuam no mercado interno e externo, largando o estigma da desarticulação e da pobreza para se tornarem comunidades saudáveis, tendo como diferencial de mercado a relação respeitosa com a natureza e com o conhecimento tradicional.
» Saiba mais
Novidades por email

Cadastre seu email abaixo
para receber os novos textos
publicados no site:

1.12.11

Alimentação escolar de qualidade é sinônimo de agricultura familiar fortalecida em Pernambuco.

O cenário da agricultura familiar pernambucana vem mudando pra melhor. Só esse ano a Secretaria Estadual de Educação (SEE/PE), com o apoio da AGENDHA/Nutre Nordeste, lançou quatro Chamadas Públicas de Compras para Alimentação Escolar, resultando numa comercialização direta de mais R$ 3 milhões com a Agricultura Familiar do estado, em atendimento ao que determina o Artigo 14 da Lei 11.947 de 2009, que estabelece que no mínimo 30% dos recursos transferidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) devem ser utilizados na compra de gêneros alimentícios da agricultura familiar.

Os números são significativos, 67.355 alunos beneficiados, de 161 escolas, em 48 municípios e 417 famílias de agricultores familiares pernambucanos que conseguiram comercializar para a alimentação escolar os seguintes itens: carne de caprino, mel de abelha, banana, inhame, melancia, bebida láctea, macaxeira, abóbora, alface, batata doce, cebolinha, coentro, farinha e mandioca, mel de abelha e macaxeira. Apenas de carne de caprino são 102 toneladas, fortalecendo a tradição e a soberania alimentar.

Segundo Alexandre Vasconcelos, Nutricionista do Projeto Nutre Nordeste, a carne caprina é mais sadia que a bovina, devido a sua menor taxa de gordura saturada, evitando assim aumento dos índices de obesidade infantil e juvenil. Ele lembra ainda que 20 a 50% da alimentação diária das crianças é feita na escola e que quando a carne é acrescentada  ao arroz e feijão, torna-se uma alimentação completa e equilibrada.

A ONG AGENDHA, através do seu Projeto Nutre Nordeste, vem apoiando as Organizações Produtivas da Agricultura Familiar a tornarem-se aptas a atender as Chamadas Públicas e comercializar seus produtos, dentre eles os da Sociobiodiversidade, em todos os Estados do Nordeste. Simultaneamente, o Projeto incentiva os Gestores da Alimentação Escolar a publicar as Chamadas Públicas de acordo com as ofertas dessas Organizações Produtivas.

Encontre empreendimentos e comunidades
São apoiadores desta inciativa:DEDKASIICAISPNUnião EuropéiaAgendha
GTZCooperação Brasil-AlemanhaCodevasfMinistério da Integração NacionalMinistério do Desenvolvimento AgrárioMinistério do Meio AmbienteBrasil - Governo Federal
DoDesign-s Design & Marketing